Assistir aulas x Estudar sozinho

Quem nunca ficou na sala de aula pensando o quão improdutivo ela está sendo? Eu defendo a teoria de que se uma aula não te ajuda, você não deveria ter que assisti-la. Muitas vezes dá medo de perder algo importante, mas se você já tentou fortemente tentar prestar atenção numa aula, sem distrações, e não conseguiu, provavelmente você poderia sim estar fazendo algo mais produtivo. Contudo, é necessário um bom planejamento e disciplina.

Assistir aula é bom quando:

  • Você consegue ter uma visão geral do assunto
  • Professor consegue explicar melhor que nos livros
  • Você está concentrado e com vontade de assistir

Se vendo esses pontos você chegar a conclusão que essa matéria está sendo inútil para você, é hora de pensar como você poderia estar aproveitando seu tempo.

Se essa matéria cobra presença e você não pode faltar você tem as opções de:

  • Ficar lendo o livro referente à matéria
  • Estudar outras matérias
  • Procurar curiosidades ou notícias sobre o assunto da aula
  • Copiar a lousa sem prestar atenção (Não Recomendável)

Para tornar seu tempo produtivo ele tem que ser produtivo para a sua mente. Então, é interessante procurar algo que te faça pensar no estudo e que consiga atrair sua atenção no momento. Copiar sem estar ouvindo normalmente não ajuda a entender a matéria e nem é essencial para seus estudos futuros, contando que exista um bom caderno para tirar xerox, se necessário. Outra coisa é que se você decida estudar outra matéria, você precisará focar em aprender a aula que você “perdeu” depois.

Caso a aula não exigir presença, é necessário ter disciplina e organizacão. Eu recomendaria:

  • Planejar seu estudo no tempo que a aula dura
  • Deixar organizado o material necessário: capítulo de Livro, resumo, etc.
  • Se disciplinar a estudar mesmo: desligando celular e mantendo-se afastado de possíveis distrações

Ter disciplina com certeza é o mais difícil e talvez isso pode levar seu plano de estudar sozinho por água abaixo. Se motivar, estar descansado e planejar metas de estudo alcançáveis são maneiras de ajudar.

OBS1: Se você considera que todas as suas aulas são inúteis pode ser que o problema esteja mais em você e provavelmente não te ajudará não assistir nenhuma de suas aulas. Tente avaliar o que está acontecendo.

OBS2: Não quero incentivar ninguém a ficar matando aulas!

Dá pra notar que “vagabundiar” é diferente de aproveitar o tempo de estudo. Levar uma matéria a sério estudando requer bastante dedicação e motivação. Eu ainda tenho muito a melhorar e espero descobrir mais dicas para nós.

🙂

Anúncios

Frases motivacionais para o vestibular e para vida

Eu sempre fui fã de frases e fotos motivacionais para tudo. Acredito que elas podem impactar na nossa atitude e realmente nos ajudar a alcançar nossos objetivos. Não são todas que motivam. Então eu selecionei 5 que eu achei boas e espero que elas te motivem, seja para o vestibular ou para qualquer aspecto da sua vida.
mot1
Não reclame; somente se esforce mais.

Quantas vezes nós não passamos horas reclamando de como o mundo conspirou para não conseguirmos fazer algo? Estudar, academia, e outros. Ao invés de reclamar e ficar uma pessoa negativa para tudo, porque não se esforçar mais para conseguir fazer o que queria e acabar mais feliz por ter feito em meio às adversidades.

mot2
Não estude até você acertar. Estude até você não conseguir errar mais.

Essa frase eu achei muito interessante. Você pode ficar preso num exercício de física, por exemplo, por horas e finalmente conseguir resolve-lo. Isso é bom. Mas melhor ainda é você estudar para continuar acertando esse mesmo exercício daqui há 3 meses. Assim você sabe que realmente entendeu a lógica e conceito dele.

Leia mais »

RECOMENDO: Vídeos do Armando Hasudungan

Armando é um estudante de medicina muito talentoso, que produz vídeo-aulas sobre medicina e biologia no youtube, fazendo explicações junto com uma sequência de desenhos.

Além dos desenhos dele serem muito bons e fáceis de enteder, eu gosto muito das explicações! Ele consegue explicar de um jeito fácil e ainda consegue trazer informação de outras matérias pra ajudar o entendimento. Por exemplo,  eu estudo anatomia separado de fisiologia. Quando ele explica a fisiologia de um sistema, ele também lembra da anatomia, ficando mais fácil de visualizar o processo.

endocrino

Curiosidades e utilidades

  • Ele já têm 239 vídeos postados sobre diversos assuntos: imunologia, cardiologia, fisiologia, bioquímica e vários outros.
  • 212 mil subscribers no youtube e mais de 68 mil likes no facebook
  • Você pode encontrar os vídeos dele pelo canal no youtube Armando Hasudungan
  • Ou você pode acessar o site dele http://www.armandoh.org
  • Armando aceita doações a partir de U$1,00 para ajudar a melhorar seus vídeos
  • Você pode imprimir a imagem final de cada vídeo, acessando pelo site
endocrino2
Endocrinology – overview

Acho muito legal encontrar pessoas talentosas assim, que ajudam tanta gente e são estudantes como nós. O ponto ruim dos vídeos é que são todos em inglês. Então quem não tem o inglês muito bom pode encontrar dificuldades. De qualquer maneira é bem provável que dê para entender, mesmo se tiver que parar e rever o video mais vezes, porque os desenhos são bem feitos e vários termos da biologia em inglês são parecidos com português.

Minhas dúvidas em relação ao curso de Medicina

Há um certo senso comum que acredita que estudantes de medicina tinham que ser destinados a seguir essa carreira, que deviam amar estudar e abrir mão de tudo para ajudar o próximo. Um pouco disso até pode ser verdade, não sei. Acontece que por mais que eu admire e adore certos aspectos da medicina eu me deparo com muitas dúvidas.

São 3 dúvidas principais:

  • Será que essa profissão é pra mim mesmo?
  • Se eu quero ser médica, por que eu não gosto das matérias do curso?
  • Será que eu vou encontrar uma área de atuação que eu consiga ser feliz em outros aspectos não profissionais da minha vida?

Leia mais »

10 coisas para se fazer na greve

As universidades federais estão passando por momentos difíceis. Técnicos, professores e alunos estão em greve em várias faculdades do país. Se você é um aluno que não está muito engajado com o movimento e está em casa sem mais séries para assistir, eu elaborei uma lista com 10 coisas que você pode se interessar em fazer (ou não).

1- Vá viajar!

praia

É um saco não saber quando as aulas voltam e por isso se torna impossível marcar uma viagem longa. Mas, conhecer cidadezinhas perto da sua, ir a praia, procurar ambientes diferentes da sua rotina por poucos dias é possível e você ainda pode aproveitar pra ter um pouco de “férias” pra compensar as férias que você não terá quando a greve acabar.

2- Seja um voluntário

volunteer

O nosso tempo ocioso pode ser usado pra ajudar muita gente! Ser voluntário nem requer tanto de nós. É uma responsabilidade a mais, mas normalmente são semanais e por poucas horas. Com certeza é uma experiência muito boa para toda vida.

Se você é de São Paulo, pode entrar no site http://www.voluntariado.org.br/  . Lá você coloca seu CEP e ele indica todos os lugares perto de você que você pode ajudar! Você ainda pode filtrar por área que você quer vonluntariar.

3-Permita-se fazer coisas “fúteis” uma vez

fofoca

Isso é para os mais sérios. Você passa todos os dias tentando arduamente ser uma pessoa adulta, que se preocupa com os problemas do mundo, ou com o seu futuro profissional. Eu até acredito que sofremos grande pressão pra sermos assim. Mas quer saber? Permita-se sair disso um pouco. Vai lá na banca comprar uma revista de fofocas, assista a novela das 19h, saia com aqueles amigos que só conversam sobre famosos e facebook. Você pode achar isso tudo uma droga mas de vez em quando é divertido estar fora das suas preocupações sérias. Você ainda fica mais a par do mundo, e aumenta seu domínio de assuntos.Leia mais »